"ENSINE O ALUNO A OBSERVAR" (Sir William Osler)

25 de outubro de 2009

Síndrome de Pickwick

Por Daniel Macedo Severo de Lucena
Estudante de Graduação em Medicina da UFPB (X Período); Bolsista de Iniciação Científica (PIBIC/CNPq/UFPB)
A Síndrome de Pickwick (ou síndrome obesidade-hipoventilação) consiste em um quadro de hipersonia durante as horas do dia, letargia, obesidade e baixa amplitude dos movimentos tóraco-abdominais, além de sinais de hipertensão pulmonar. A designação da síndrome em referência a alguns pacientes extremamente obesos que apresentam hipoventilação e a associação de obesidade, sonolência, policitemia e apetite excessivo, ocorreu em homenagem ao persoagem gordo chamado Joe, da obra "Aventuras de Pickwick" (The Pickwick Papers) do escritor inglês Charles Dickens. A obesidade é caracterizada pelo aumento da massa corporal resultante de um maior acúmulo de gordura tissular, resultando em problemas de saúde. Quando a obesidade é grave, acaba por interferir nos movimentos respiratórios, dificultando o trabalho realizado pelos músculos respiratórios. A definição da doença é a de uma hipoventilação alveolar crônica em paciente com o índice de massa corporal maior que 30 kg/m², sem que ele apresente nenhuma doença pulmonar prévia que justifique o distúrbio nas trocas gasosas. Apesar de infrequente, mesmo em obesos mórbidos, o estudo desse quadro é relevante, pois trata-se de um problema reversível com a perda de peso, proporcionando recuperação completa da eficiência das trocas gasosas. Clinicamente, é típica a observação de hipersonolência, com fácies cansada e indiferente, assim como episódios de sono durante uma conversa ou até mesmo durante a alimentação. Em geral, o paciente só descobre ter a doença quando é internado devido a uma insuficiência respiratória aguda associada, muitas vezes, a uma miocardiopatia por hipóxia. Porém, às vezes, mesmo após a internação, o diagnóstico pode não ser estabelecido, passando despercebido devido ao uso exclusivo de oximetria de pulso, a qual não registra a hipercapnia.
Exames complementares podem auxiliar diante da suspeita clínica, entre os quais mencionam-se a gasometria, na qual se verifica uma hipoxemia com hipercapnia, além da radiografia de tórax, que pode revelar derrame pleural e congestão pulmonar, assim como o hemograma, que evidencia policitemia consequente ao quadro de hipoxemia crônica. Referências II CONSENSO BRASILEIRO SOBRE DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÔNICA. Caracterização da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC): Definição, Epidemiologia, Diagnóstico e Estadiamento. J Pneumol, 30 (Supl 5): 1-5, 2004. SILVA, G. Síndrome Obesidade-hipoventilação Pulmonar. Medicina, Ribeirão Preto, 39 (2): 195-204, 2006
Fonte da imagem: Desenho de Thomas Nast para a obra de Charles Dickens "The Pickwick Papers". Capturada em: teachingcases.hematology.org/broudy